O ESPORTE DE ASSU E REGIÃO, OBRIGADO PELA VISITA

quarta-feira, 14 de março de 2018

Força e Luz nega incentivo financeiro para vencer ABC

Ranilson Cristino (Foto: Leonardo Erys/GloboEsporte.com)
Em todo momento decisivo de campeonato se especula sobre possíveis incentivos financeiros às equipes que pouco têm a perder (ou ganhar) na competição. Neste Campeonato Potiguar, os olhares se viram para o Força e Luz, adversário do ABC - que pode ser campeão em caso de vitória - neste sábado, no Frasqueirão. O Time Elétrico praticamente não briga mais por nada na competição. Com remotas possibilidades de rebaixamento e sem chances de conseguir vagas na Copa do Brasil e Série D do próximo ano, a jogará no Frasqueirão quase que apenas para cumprir tabela. E um possível incentivo financeiro (a chamada "mala branca") chegou a ser especulado, mas foi negado pelo clube. - Não teve nada desse tipo até o presente momento, não. Isso surgiu quando eu fui questionado em outra entrevista caso eu recebesse essa oferta. E eu disse que se viesse seria de bom gosto. E essa é uma coisa muito normal no futebol. Mas de lá pra cá não recebemos nenhum contato - garantiu o presidente do clube, Ranilson Cristino, em entrevista ao GloboEsporte.com. O único interessado no confronto seria o América-RN, que mantém um fio de esperança na conquista do título - para isso, precisa vencer os dois próximos compromissos e torcer por duas derrotas do ABC. Ninguém do Alvirrubro, no entanto, se pronunciou publicamente sobre a questão. Além disso, o presidente do Força e Luz reforçou que não havia recebido nenhum contato do América ou de qualquer outro clube na competição, apesar de ter deixado a possibilidade em aberto. Mesmo sem incentivo, Ranilson Cristino garante que o Time Elétrico levará o duelo contra o ABC a sério. - Nós temos a obrigação de fazer um bom jogo, um jogo sério no sábado, independente se já estivermos livres do rebaixamento ou não. Se não estivermos, precisamos ainda mais, para conquistarmos pelo menos um ponto. Não vamos vender barato esse jogo para o ABC, não - garante o dirigente. No início deste mês de março, o goleiro Edson, do ABC, já sugeriu que o América-RN havia dado um incentivo financeiro ao Baraúnas, em jogo que acabou com vitória do Alvinegro por 3 a 2. Na época, ele falou que o Alvirrubro estava "mandando dinheiro pra todo mundo pra ganhar da gente desde quando estavam faltando duas rodadas pra acabar o (primeiro) turno". 
Por GloboEsporte.com, Natal 

Nenhum comentário:

Postar um comentário